Resenha: Coração Perverso - Leisa Rayven

sexta-feira, julho 15, 2016
Tradutor: Fal Azevedo
Série: Starcrossed
Nome Original: Wicked Heart
Volume: 3º
Editora: Globo Alt
Páginas: 360
Gênero: Adulto e Romance Conteporâneo.
Lançamento: 2016
"Elissa Holt tem uma regra quando se trata de relacionamentos: ela não namora atores. Sua bem-sucedida carreira de diretora de palco em Nova York a ensinou que eles não são confiáveis, e isso se comprova quando ela conhece Liam Quinn. Eles tiveram um breve porém intenso romance há seis anos, pouco tempo antes de Liam se mudar para Hollywood, fazer sucesso em grandes produções de cinema e quebrar o coração de Elissa ao começar a namorar Angel Bell, a atriz queridinha da América. Agora o casal do momento está em Nova York para estrelar a peça A megera domada, de Shakespeare, da qual Elissa será, coincidentemente, a diretora de palco. Apesar de o cenário ser completamente diferente, tudo o que aconteceu entre eles – e o que poderia ter acontecido – vem à tona. Mesmo Elissa sabendo que se entregar a Liam de novo poderia gerar uma tragédia, fica claro que o amor e o desejo nem sempre seguem o script..."
Coração Perverso é o terceiro volume da série Starcrossed, mas não se preocupem, esse livro é independente dos dois primeiros, porque ele aborda um outro casal diferente de Ethan e Cassie, no caso a irmã do Ethan, a Elissa Holt e o seu grande amor Liam Quinn.

Esse é daqueles tipos de romance que você começa a ler um capítulo e quando você percebe uma hora se passou e você já está na metade do livro e incapaz de coloca-lo de lado até chegar o final. Eu o li em um dia e tirando o livro anterior, já fazia muito tempo que isso não acontecia comigo. Senti saudades de me sentir total e completamente imersa em um livro e nem ver o mundo passar.

Coração Perverso assim como Meu Romeo e Minha Julieta, tem como plano de fundo o mundo do teatro. O livro é contado pelo o ponto de vista da Elissa e ele aborda tanto o passado quanto o presente. No entanto, ele abre a história no presente, e hoje a Elissa é uma diretora de teatro e o seu próximo trabalho é uma peça de Shakespeare e as estrelas será o atual casal queridinho de Hollywood, o Liam e a Angel. 

Acontece que a 6 anos atrás em Nova York, a Elissa e o Liam tiveram uma espécie de relacionamento quando eles ainda eram bem jovens e iniciando as suas carreiras, mas acabou não dando certo porque ele foi explorar as possibilidades de atuação em Hollywood e muito pouco tempo depois acabou trocando a Elissa pela a linda e maravilhosa Angel, que é hoje a sua noiva. Daí pra frente, vocês já podem imaginar  a bagunça que isso vira. Por todos esses anos foi fácil para a Elissa ignorar o amor, a dor e a ausência dele em sua vida, mas agora com ele presente todos os dias e exatamente no seu local de trabalho e desfilando com a sua noiva por todos os cantos, faz tudo ser muito pior. Isso sem falar que a conexão e atração surreal existente entre eles não receberam o memorando do término e permaneceram lá, mais forte do que nunca, complicando ainda mais a situação.

"Mas esse beijoEle já me arruinouEsse é o tipo de beijo que eu nunca soube que existia. É como cair e voar, tudo ao mesmo tempo."
O livro tem uma pequena reviravolta nos últimos 30% e eu diria que é por causa dessa reviravolta que eu não dei para ele uma nota maior. Ele tinha tudo pra ter sido nota 5, mas realmente não curti muito esse "pulo do gato" que a autora tentou dar para encaixar as peças. 

Contudo, achei o desenvolvimento do livro incrivelmente bom e só gostaria que essa reviravolta não tivesse existido ou que tivesse sido melhor trabalhada. Acho que isso teria dado uma maior densidade ao livro. Foi como se a autora tivesse escolhido o caminho mais fácil para resolução dos problemas e isso matou um pouco o meu envolvimento com a história. No entanto, isso é algo pessoal, li resenhas por toda a parte de pessoas que amaram essa reviravolta. Ou seja, você realmente terá de ler o livro para tirar as suas próprias impressões.

No entanto, tirando esse porém, o livro é de fato cativante e te deixa completamente envolvida. O romance é de tirar fôlego, embora eu tenha achado o carinha do livro perfeitinho até demais pro meu gosto e isso me deixa com a sensação de coisa irreal. Os momentos de "sofrimento" realmente foram intensos, era de partir o coração juntamente com a mocinha do livro.  Ele aborda principalmente a questão de segundas chances e diria que até um pouquinho de amor não correspondido. 

"Às vezes, o destino é você quem faz, e estou fazendo minha vida com você."
Nos últimos capítulos o livro volta a ficar empolgante e eu diria que o epílogo para quem se lembra com detalhes do romance entre Cassie e Ethan, é bem fofo. Infelizmente, ele não me tocou tanto, porque pouco lembro do romance deles, tendo em vista que li esse livro a muito tempo atrás.

Enfim, livro muito muito bom. Foi quase nota 5 pra mim, ele por várias vezes chegou lá e se não tivesse sido por aquele detalhe, com certeza teria sido nota máxima. Até os 70% Coração Perverso foi nota 5, do resto pro final, dou nota 4,o.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.