Vem ai: O Rouxinol da Kristin Hannah

outubro 16, 2015

Pessoal, a editora Arqueiro anunciou esses dias que irá publicar aqui no Brasil o livro 'The Nightingale' da autora norte americana Kristin Hannah. 

Essa autora já tem alguns livros publicados no Brasil pela a editora Novo Século, mas aparentemente esse é o livro da carreira dela. Na verdade, ele foi publicado em fevereiro desse ano nos Estados Unidos, mas com tão pouco tempo ele já chamou bastante atenção. Vendeu mais de 12 milhões de cópias e tem estado na lista de bestsellers do New York Times desde o seu lançamento. Ele foi completamente abraçado pela a critica e os comentários não poderiam ser mais instigantes.

Bom, esse é um livro histórico ambientado na França durante a segunda guerra mundial. E ele é basicamente centrado na trajetória de vida de duas irmãs que não poderiam ser mais diferentes. 
“... Duas irmãs se afastam por discordarem sobre a ameaça de ocupação nazista. Com temperamentos e princípios divergentes, cada uma delas precisa encontrar o próprio caminho e enfrentar questões morais e escolhas de vida ou morte.” – Christina Baker Kline, autora de O trem dos órfãos
"O Rouxinol é um livro muito bem escrito e com uma análise ricamente evocativa sobre a vida, o amor, os estragos da guerra e as diferentes maneiras em que as pessoas reagem a situações inimagináveis - para não mencionar o quão terrível pode ser manter segredos. Essa extraordinária história é igualmente repleta de ação e emoção, e com certeza será outro grande sucesso. Eu adorei! " - Sara Gruen, autora de 'Água para Elefantes e best-seller #1 do New York Times 
"Minha esposa chegou em casa quando eu estava nas páginas finais... ela se perguntou por que eu estava chorando. Que leitura. Ela imediatamente pegou o livro pra ela. Poderoso e interessante em tantos níveis e só como uma grande ficção histórica poderia ser. " - — David K. Cully, EVP, Baker & Taylor
Olha, eu só sei que eu estou louca pra ler esse livro desde que ele foi lançado no exterior, por tudo o que eu já li sobre ele, realmente parece que ele é extremamente bom e emocionante. Só não o li ainda, porque tem um outro livro (O Cavaleiro de Bronze) envolvendo a segunda guerra mundial que eu quero ler primeiro. Mas esse está na lista e com certeza será uma leitura certa. E isso porque eu nem sequer gosto de literatura histórica. rss Mas acho que esse é um livro que até pra quem não curte o gênero, vai se ver fisgado pela a história.

O livro chegará as livrarias em 3 de novembro, mas ele já encontra-se em pré-venda na amazon

Ah sim, e aqui no site da autora, ela disponibiliza várias fotos da França das quais ela se inspirou para escrever o livro. 

Sinopse:

França, 1939: No pequeno vilarejo de Carriveau, Vianne Mauriac se despede do marido, que ruma para o fronte. Ela não acredita que os nazistas invadirão o país, mas logo chegam hordas de soldados em marcha, caravanas de caminhões e tanques, aviões que escurecem os céus e despejam bombas sobre inocentes. Quando o país é tomado, um oficial das tropas de Hitler requisita a casa de Vianne, e ela e a filha são forçadas a conviver com o inimigo ou perder tudo. De repente, todos os seus movimentos passam a ser vigiados e Vianne é obrigada a fazer escolhas impossíveis, uma após a outra, e colaborar com os invasores para manter sua família viva. Isabelle, irmã de Vianne, é uma garota contestadora que leva a vida com o furor e a paixão típicos da juventude. Enquanto milhares de parisienses fogem dos terrores da guerra, ela se apaixona por um guerrilheiro e decide se juntar à Resistência, arriscando a vida para salvar os outros e libertar seu país. Seguindo a trajetória dessas duas grandes mulheres e revelando um lado esquecido da História, O Rouxinol é uma narrativa sensível que celebra o espírito humano e a força das mulheres que travaram batalhas diárias longe do fronte. Separadas pelas circunstâncias, divergentes em seus ideais e distanciadas por suas experiências, as duas irmãs têm um tortuoso destino em comum: proteger aqueles que amam em meio à devastação da guerra – e talvez pagar um preço inimaginável por seus atos de heroísmo.

Tecnologia do Blogger.