Review: After I Do - Taylor Jenkins Reid

Editora: Washington Square Press 
Páginas: 353
Gênero: Adulto, Romance, Contemporâneo.
Lançamento: Julho de 2014.
Língua: Inglês 
E-book -> Amazon
Quando o casamento de Lauren e Ryan chega ao limite, eles surgem com um plano não muito convencional. Eles decidem ficar um ano separados na esperança de encontrarem uma maneira de se apaixonarem novamente. Um ano separados e apenas uma regra: eles não podem entrar em contato. Fora isso, vale tudo. Lauren embarca em uma jornada de auto-descoberta, logo descobrindo que seus amigos e família têm suas próprias idéias sobre o significado do casamento. Estas influências, bem como seu próprio processo de cura e os desafios de viver longe de Ryan, começam a mudar as idéias de Lauren sobre a monogamia e o casamento. Ela começa a se questionar: Como você pode ter romance sem a lealdade e compromisso sem o casamento ou se quando o amor e luxúria não estão mais amarrados, o que é mais valioso? O pelo o que você estaria disposto a lutar? Esta é uma história de amor sobre o que acontece quando o amor desaparece. É sobre como se manter apaixonada, sobre desistir do amor e se comprometer com o amor com tudo o que você tem. E acima de tudo, 'After I Do' é a história de um casal preso ao passado procurando por um novo caminho, afim de encontrarem o "felizes para sempre".
A autora Taylor Jenkins Reid tem chamado bastante atenção no mundo literário ultimamente. Ela acaba de publicar o seu terceiro livro, Maybe in Another Life' no exterior e um deles ('Forever, Interrupted') está em pré produção para uma adaptação cinematoráfica com a atriz Dakota Johnson de 'Cinquenta Tons de Cinza'.

Eu fiquei curiosa para conhecer essa autora que estava dando tanto o que falar e na época em que a descobri pela a primeira vez, até então ela só tinha publicado os livros 'Forever, Interrupted' e 'After I Do', depois de ler as sinopses de ambos acabei optando pelo o segundo. E posso dizer que fiquei realmente impressionada e satisfeita com o livro que li.

'After I Do' conta uma história muito crua e real, com um elemento em especial que na realidade até hoje muito poucos autores  se aventuraram em contar. Isso aqui é uma história do que acontece depois do 'I do', ou melhor dizendo do 'Eu aceito'. Taylor Jenkins Reid faz uma narrativa de como as vezes as pessoas lutam para manter o casamento, de como o desejo e muitas vezes o amor acabam e você fica perdido(a) e sem saber como aceitar e lidar com esse fato e seguir em frente, ou de como é difícil se auto descobrir mesmo depois de anos convivendo com uma outra pessoa... e principalmente de como em determinados casos é importante mudar afim de saber se o amor ainda existe ou se ele realmente se perdeu.

Em 'After I Do' a gente testemunha um casamento de seis anos da Lauren e do Ryan ruir. E o interessante é que a autora paralelamente com o presente conta um pouco sobre o passado e de como eles se conheceram até hoje. E sinceramente foi doloroso e frustrante ver como duas pessoas que se amavam e se adoravam tanto chegaram ao ponto de se odiarem. Como que momentos tão bonitos e felizes se perderam no meio de tanto ressentimento e palavras tão duras. 

O livro já começa com os dois completamente desconectados um do outro, infelizes e completamente absorvidos na rotina. Eles mal se toleram e não conversam mais sobre os problemas e apenas empurram o casamento com a barriga. Até que chega uma hora que tudo vem a tona, tudo o que não foi dito e discutido ao longo dos anos, um jogando a culpa para o outro e eles se dando conta de que eles chegaram a um ponto que do jeito que está não dá mais pra continuar, mas que ao mesmo tempo também não sabem se de fato tudo acabou ou se ainda existe um amor enterrado bem lá no fundo.
'É ai que eu desmorono. Eu não derreto como manteiga ou desinflo como um pneu. Eu quebro como vidro, em milhares de pedaços. Meu coração está realmente partido. E eu sei que mesmo que ele se conserte, ele irá parecer diferente, sentir-se diferente e bater de forma diferente.'
Relutantes em terminar com tudo, eles resolvem abrir o casamento e passar um ano separados e sem nenhum contato um com o outro. Cada um vivendo a sua vida e fazendo o que quiserem, inclusive conhecendo outras pessoas se assim desejarem. Depois desse prazo, iriam novamente se reencontrar e então saberiam se nesse espaço de tempo eles sentiram a falta um do outro e principalmente se eles ainda querem ter um ao outro em sua vida.
'Não se engane: Eu te amo. Só porque eu não sinto o amor no meu coração não significa que eu não saiba que ele está lá. Eu sei que está. Estou partindo porque irei em busca de reencontra-lo. Prometo-lhe isso.'
A gente pouco sabe o ponto de vista do Ryan, mas eventualmente - e não irei contar como, porque é segredo - a gente tem acesso aos seus pensamentos e sentimentos, mas no geral a gente segue essa jornada de um ano e que por sinal passa voando, através dos olhos da Lauren. E é uma jornada muito bacana de acompanhar. A gente vai vendo ela catando os cacos e ao mesmo tempo percebendo que embora doa muita, amanha o sol irá nascer novamente e que a vida continua. A gente também a vê tentando se reencontrar depois de anos casada, e eventualmente obtendo uma nova perspectiva da vida e amadurecendo com tudo o que ela viveu. 
"Não é legal quando você apenas supera as idéias de como a vida deveria ser e apenas passa a desfrutar do que ela é?"
Se no final eles ficam juntos ou não eu não irei contar até porque obviamente perderia toda a graça, mas eu definitivamente recomendo esse livro. Tanto quem é, já foi ou mesmo nunca foi casado irá se identificar absurdamente. Porque realmente o livro tem esse tom realista da vida. Não é apenas um romance cheio de flores e um draminha eventual como na maioria, é realmente uma coisa mais real e que nos faz questionar sobre muitas coisas da vida. Normalmente nós lemos os livros que terminam com os casais se casando e vivendo o felizes para sempre. No entanto, no drama da Taylor Jenkins Reid ela nos mostra que não existe felizes para sempre depois do casamento e que muitas vezes as coisas podem tornar-se realmente difíceis e que cabe ao casal querer tentar ou não solucionar os problemas. 

Porém, e é a razão para eu ter dado 4 estrelas, é que eu não entendi a questão de ficarem um ano separados, pois como eles iriam se apaixonar novamente ou descobrir se ainda se amavam se eles não podiam nem ao menos se falar ao telefone, por exemplo!? Achei isso estranho e me deu a impressão de que não funcionaria de jeito nenhum. Mas tirando isso, adorei todos os outros aspectos do livro, inclusive o de também acompanhar o passado deles através de flashbacks - o que eu geralmente não curto muito - afim de entender quem era o casal Lauren e Ryan antes de todo o fiasco e poder torcer por eles, porque sem isso, eu acredito que o leitor teria ficado completamente desconectado do casal, até porque a gente acaba vendo muito pouco do Ryan durante todo o livro. 

Bem apesar da nota 4 eu realmente adorei o livro. Foi inusitado e com uma escrita perfeita. Por diversas vezes, a narrativa era de partir o coração. Espero que um dia 'After I Do' seja publicado no Brasil, porque ele realmente vale muito a pena.
Tecnologia do Blogger.