[Resenha de Livro Adaptado] Filme: Lugares Escuros

agosto 11, 2015
Lançamento: 18 de junho de 2015 (1h53min) 
Dirigido: Gilles Paquet-Brenner
Elenco: Charlize Theron, Nicholas Hoult, Chloë Grace Moretz 
Gênero: Suspense e Drama
Nacionalidade: França
Libby Day (Charlize Theron) é uma mulher traumatizada pelo assassinato de toda a sua família, quando ela ainda era uma criança. Quando é abordada por uma sociedade secreta, especializada em investigar crimes não resolvidos, Libby é obrigada a relembrar sua tragédia familiar.

Pessoal, esse fim de semana eu assisti ao filme Lugares Escuros (Dark Places), adaptado do livro da autora best-seller do New York Times, Gillian Flynn. Como eu não li o livro, não sabia ao certo o que esperar, mas estava empolgada, afinal de contas o filme é baseado no livro de uma grande escritora e tem em seu elenco nada menos do que a Charlize Theron, uma das melhores atrizes da atualidade.

O livro é um suspense e tem como foco um massacre de uma família americana com apenas dois sobreviventes, e um deles leva a culpa de ter sido o autor do crime e a outra vira a testemunha. E como nem tudo é o que parece, mesmo anos depois do fato, a dúvida sobre quem cometeu o crime ressurge e com ele uma nova investigação e um novo jogo de adivinhação.

Essa história apesar de também ser um suspense investigativo - embora não seja uma investigação feita pela a própria polícia -, não se assemelha em nada com Garota Exemplar. Tenho que parabenizar a autora por criar histórias únicas e originais. No entanto em um caso de escolha, eu ficaria com o o Garota Exemplar. É um suspense mais psicológico, diferente de Lugares Escuros.

Na realidade, eu achei ele bem estranho. É sim uma boa história e eu gostei do filme, mas achei a coisa toda meio bizarra demais. Tenho a leve impressão de que eu não teria gostado do livro, afinal de contas teria investido mais do meu tempo ali e para uma história que tem como solução uns elementos muito macabros. O fim me pegou de surpresa, não esperava por ele. Tinha certeza apenas de uma única coisa mas que também já era um tanto óbvia, porque o filme meio que já te direcionava para esse caminho.

A atuação da Charlize como eu já imaginava não decepcionou, embora eu ache que esse não tenha sido o papel mais desafiante de sua carreira. Por outro lado, gostei de ter visto um lado mais negro da atriz Chloe Grace Moretz, achei que ela surpreendeu.



Tecnologia do Blogger.