Review: The Ground Rules - Carmen Roya

Editora: Independente
Páginas: 288
Gênero: Adulto, Romance, Contemporâneo.
Lançamento: 2015.
Língua: Inglês
E-book ->Amazon
1. Não dormir com outras pessoas; 
2. Manter segredo; 
3. Ser respeitoso; 
4. Não ligar ou mandar mensagem; 
5. Não se apaixonar. 
As regras eram simples... até não serem mais.  
Eu tenho tudo que eu sempre quis: uma bela casa, um trabalho que amo, duas filhas lindas e o meu marido Gabe - meu namorado da escola e que ainda balança as minhas estruturas. Se você pedir a alguém para me descrever, eles diriam: "Mirella? Ah ela é uma boa garota." E é verdade... até o dia que um homem misterioso e peculiar juntamente com a sua bela esposa entram em nossas vidas. Weston e Bridget Hanson não são o tipo de casal comum - eles são lindos, enigmáticos e muito sexy. Durante o curso de uma noite inesperada, a minha vida comum é virada de cabeça para baixo. Como não poderia ser quando Weston e Bridget propõe o impensável? E quando o impensável torna-se tão tentador que ceder é inevitável. Parece tão lógico e simples. Apenas cinco regras e nós poderíamos ter o que desejássemos. Mas o coração não segue regras e agora paixão, ciúmes, e confusões ameaçam acabar com tudo. 
Dois lindos casais. Cinco regras simples. Uma baita confusão.
'The Grond Rules' é um lançamento americano de junho e como eu sempre dou uma olhada nos lançamentos do mês pela a Amazon, me deparei com a sinopse desse livro e confesso que fiquei bem intrigada. Li algumas ótimas resenhas sobre ele, e fiquei ainda mais intrigada. Resolvi ler e no meio da leitura me dei conta de que ele não era nada do que eu inicialmente havia imaginado. Pensei que fosse um livro mais erótico e por isso, nada muito novo ou surpreendente. Mas como eu disse, estava errada. O livro não é erótico e não tem nenhuma "esquisitice" por assim dizer...

A história é focada em um casamento de dezoito anos de um jovem casal com duas filhas pequenas. Os dois tem uns 35 anos e se conheceram na escola e desde então permaneceram juntos. Ambos tem um casamento sólido, com uma vida sexual ativa, são felizes, estabilizados financeiramente, são boas pessoas, são bons pais... Enfim, não há nada de errado. No entanto, os dois tem estado um pouco entendiados com a vida que tem se tornado um pouco monótona.

Dessa forma, um dia a Mirella sugere ao marido que eles façam algo diferente pra dar uma apimentada na relação e eles saem pra jantar em um restaurante chique, mas por conta de uma confusão, eles acabam ficando sem mesa e o casal elegante e atraente que estavam conversando com eles, vem ao resgate e oferece a mesa deles. Os dois casais se dão bem, a Mirella fica super intrigada com o jeito reservado do Weston e principalmente com a atração inegável existente entre os dois, ao passo que a linda Bridget paquera o Gabe bem na sua frente sem nenhuma outra preocupação no mundo e ele por outro lado, ama a atenção.

Não muito tempo depois, o convite para um outro encontro com o elegante casal aparece, eles adorariam reencontra-los e conhecê-los melhor. E é ai que surge uma proposta: uma espécie de "troca de casais" e não no sentido do menage ou coisa do tipo. São encontros separados. O Weston com a Mirella e o Gabe com a Bridgette. Mas para o esquema funcionar é necessário seguir as cinco regras descritas na sinopse.

Essa proposta vira o mundo da Mirella e do Gabe de cabeça para baixo. Ao passo que eles se sentem atraídos pelo o outro casal, há também o medo de arruinar o casamento de ambos. A Mirella sabe que ela não é tão racional ao ponto de separar-se emocionalmente como o esquema exige, mas ao mesmo tempo, ela não consegue se livrar da atração que sente pelo o Weston e indagar o que poderia ser. 

Bom, vou parar por aqui, porque o que vem pela a frente, precisa ser definitivamente bem apreciado. Eu gostei do livro, achei ele muito bem elaborado mas achei que pecou um pouco na escrita do meio para o final. Achei que a autora se tornou um pouco repetitiva e poderia ter explorado um pouco mais a situação que tinha nas mãos sobre todos os aspectos, mas ela ficou basicamente só focada em uma única coisa e consequentemente ficou uma leitura um pouco arrastada.

Como o livro é muito emocional e a gente o lê pelo o ponto de vista exclusivamente da Mirella, ocasionalmente no início eu precisava dar um tempinho para a ideia de uma "traição" as avessas, assentar um pouco na cabeça e a leitura fluir com mais facilidade. Também gostaria muito de ter podido ler o ponto de vista do Gabe. 

Gostei do personagens... A Mirella é o tipo de mulher fácil de simpatizar. Ela tem a inexperiência característica de uma mulher que não vivenciou muitos relacionamentos, uma vez que ela conheceu o marido na adolescência e tem estado apenas com ele desde então. Ela tem determinadas inseguranças como toda a mulher, mas tem personalidade forte. Não muda para agradar ninguém, apenas se ela julgar necessário por ela mesma.

O Gabe faz o estilo bad boy com tatuagens e tal. Não é muito romântico mas é extremamente leal e devotado a Mirella e a família. É gente boa, tranquilão... Ele é um macho alfa sem ser muito ciumento e possessivo. Mas assim como a Mirella, eu o achei despreocupado e descuidado em excesso também e confesso que isso acabou me incomodando bastante em ambos...

Já o Weston é o tipo de cara que faz muito o estilo da Mirella, mas até do que o Gabe. É um empreendedor e arquiteto muito bem sucedido e cheio da grana. Faz um estilo meio nerd na rua e um pouco safado no quarto. É distante e metódico em excesso e nem um pouco sociável. Sei lá, acho que faltou um pouco de charme ao personagem. A Bridget é uma advogada e do tipo super model, é muito bonita e elegante. Ela é bem esperta, simpática, sociável e o completo oposto do marido. Os dois tem um casal de filhos e um casamento também bem estável apesar de curtirem esses "troca trocas" eventuais. A gente não tem muito acesso a Bridget porque ela e a Mirella não tem muito contato e como o livro é contado apenas pelo o ponto de vista da Mirella, a Bridget acaba se tornando um certo mistério para o leitor... 

Mas enfim, eu sei que eu pessoalmente não tenho muita preferência por nenhum dos casais. Não morri de amores por nenhum dos caras, por isso, não saberia nem por quem torcer.

O livro como é uma trilogia, continuará contando a história deles. Se eu vou ler? Ainda não sei, vou precisar dar uma olhada por cima no que eventualmente irei encontrar. Não me arrependi de ter lido o livro, eu até gostei, só achei ele mal explorado e muito arrastado nos últimos 40%. Mas sim, eu recomendo, 95% das pessoas que o leram amaram de morrer... eu que devo ser meio chata. hahaha

2 comentários:

  1. olá , vc poderia me ajudar a acha-lo online em portugues?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lays!
      Olha, eu acho que não tem. Esse livro foi lançado lá fora por agora... mês passado.
      E isso se forem traduzir tb... realmente eu não sei.
      Bjos!

      Excluir

Tecnologia do Blogger.