Review: Room 212 - Kate Stewart

Editora: Independente
Páginas: 245
Gênero: New AdultAdulto, Romance, Contemporâneo.
Lançamento: 2014.
Língua: Inglês
Atenção: (esse livro contém cenas de sexo explícito e uso de drogas). 
E-book -> Amazon
Na vida de cada um... sempre tem aquela pessoa especial.
Laura Sedgwick de 21 anos é uma rebelde sem causa. Os seus únicos planos para a vida são justamente os de não fazer planos. Ela curte o inesperado enquanto vai levando a sua vida nas noites de Dallas até meados de 1990. Porém, uma noite muito ruim a traz cara a cara com o único homem em sua vida que poderia mudar a sua idéia sobre... bem... tudo. 
Seth Whitaker de 23 anos, tem toda a intenção de coquistar todos os objetivos da sua vida já toda mapeada. Ele é trabalhador e não tem nenhuma intenção de diminuir o seu ritmo por qualquer pessoa. Com uma grande determinação de não deixar a vida passar sem tirar um grande proveito, ele encontra-se inexplicavelmente atraído pela a única distração que poderia impedi-lo de conquistar os seus maiores planos. Mal sabia ele que sua determinação em manter sua vida no caminho certo seria a mesma coisa que acionaria os eventos que acabariam mudando o curso da vida de ambos.  Nesta vida ela só havia feito uma coisa certa ... e ela era sua única chance de salvação.

Nunca tinha ouvido falar desse livro, não até ontem, quando ouvi de algumas blogueiras americanas o quão bom ele é. Depois de ler a sinopse e algumas resenhas, eu sabia que precisaria conhecê-lo e depois que comecei a ler não consegui mais parar.

O fato é que o livro correspondeu a todas as minhas expectativas e eu simplesmente amei. Entrou para a minha lista de melhores do ano. O livro é uma baita montanha russa. Por todo o tempo eu sentia como se estivesse sendo segurada por um fio. Naquela apreensão de saber que a qualquer hora tudo iria pro espaço. E o leitor tem esse conhecimento justamente por causa do prólogo que nos dá um pequeno glimpse do futuro dos personagens.

Uma escrita bem detalhada, principalmente na descrição das emoções e sentimentos. A autora soube perfeitamente bem como puxar o nosso tapete e nos deixar com aquele nó na garganta. Enfim, é uma história cheia de reviravoltas e com uma boa quantidade de drama.

O romance nesse livro toma mais ou menos uns 15 anos da vida desses personagens. Como eu disse, no prólogo a gente vê a protagonista chorando no quarto 212 por causa de um coração partido. Nós os conhecemos inicialmente quando eles são jovens, ela com 21 anos e ele com 23. 

Eles não poderiam ser mais diferentes. A Laura vem de uma família rica e sempre rejeitou a ideia de viver para trabalhar ao invés de trabalhar para viver. O mundo do dinheiro ao seu ver era cheio de pessoas chatas, vazias e sem graça. Ela se separou dessa vida e foi viver a sua maneira. Um dia de cada vez, sem grandes ambições e planos. Ela é linda, sensual e quando precisa, até usa dos seus melhores atributos para garantir umas gorjetas extras no seu trabalho como bartender.  O Seth por outro lado, é uma pessoa que acredita que quanto mais você batalha para obter o que quer, mais chances de conseguir. Ele é ambicioso e tem a sua vida toda mapeada diante de si. Trabalha muito e é totalmente dedicado a sua carreira. Mas a sabe a velha história do os "opostos se atraem"?! Pois é, e a química entre eles é inegável e inevitável. Apesar das diferenças, eles fazem sentido juntos.
"Poucas pessoas conseguem ter a chance de passar o resto de suas vidas com o seu primeiro amor. É um presente."
E nessa jornada eles acabam encontrado muitas complicações ao longo do caminho e sendo tão jovens e no caso dela ainda se auto conhecendo, ocasionalmente as reações e as escolhas acabam se tornando por vezes erradas e sem voltas.
"E então, sem heróis na sua vida?“
“Eu sou a minha própria heroína."
Enfim, indico muito o livro, achei bem escrito, com personagens carismáticos e algumas vezes desafiadores. Confesso que tive momentos de desejar jogar o Seth escada a baixo ou dar uma boa sacudida mas nada a ponto de desgostar dele, pelo o contrário, gostei bastante é só que eventualmente se torna uma relação um pouco de "amor e ódio". Mas eu gosto de personagens assim, que as vezes fogem um pouco do esteriótipo e se torna um pouco imprevisível. Afinal de contas, vamos combinar que não tem nada mais chato em um livro do que previsibilidade. 

Nota 5 e recomendadíssimo! É viciante, envolvente, complicado, bagunçado, intenso, cheio de altos e baixos e uma vez que começa, não para mais e como é pequeno, dá pra ler em uma sentada. A capa é feia, mas não julgue o livro por ela, vale a pena. 
"O amor pode ser várias coisas, menos bondoso." 

4 comentários:

  1. Carla, curti a sinopse e sua resenha. Fiquei bem interessada. Já vou até adicionar a minha wish-list.
    bjinhos e um ótimo final de semana!!!
    Fernanda D.
    NovoRomance.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Fernanda! Obrigada! ;)
      Acho que você vai gostar. Vale a pena!
      Bjos!!!

      Excluir
  2. Eu não conhecia o livro, tb não curti mto a capa não, mas gostei da resenha e como a gente geralmente gosta dos mesmos livros, vou dar uma chance ;)
    Vou ver se é tão bom assim!
    Beijos
    Isadora

    www.novoromance.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é péssima e o pior é que vejo um monte de gente gostando dela. hahahaha
      Achei ela pesada e meio emo... Sei lá, ela não combina com o livro em si, sabe?!
      Mas enfim, dê uma chance sim, acho que irá gostar.
      Beijos!

      Excluir

Tecnologia do Blogger.