Review: Off The Record - K.A. Linde

Nome: Off The Record
Autora: L.A. Linde
Série: Record #1
Lançamento: março de 2014.
Gênero: Romance contemporâneo. Adulto.
E-book: Amazon BR

Liz Dougherty não tem idéia de que uma simples pergunta está prestes a mudar a sua vida. 
O seu primeiro grande trabalho para o jornal da sua faculdade da Carolina do Norte é a cobertura de imprensa de um senador estadual. Brady Maxwell pode até ter tudo o que é preciso para ser um político - um pedigree de vencedorr, aparência devastadora, um corpo feito para usar ternos -, mas a sua história política não cai bem para a Lyz. Quando uma dura pergunta de Liz pega o senador desprevenido, ela impressiona Hayden Lane, o editor chefe do jornal que passa a sentir que ela está a caminho de uma promissora carreira como repórter. Mas Liz também esta a caminho de um romance secreto com Brady do qual poderia destruir as ambições de ambos. Embora ele seja solteiro, potenciais eleitores poderiam desaprovar Brady se envolvendo com uma repórter. E Liz não tem certeza se ficar se esgueirando é o suficiente para ela, especialmente quando as coisas entre ela e Hayden pode ser menos platônicas do que ela pensava. Elegante, sexy e inteligente, Off the Records aventura-se em uma campanha de alto risco e um romance ainda mais elevado para responder à pergunta: Quando a política e amor colidem, pode haver um vencedor?
Fechei o meu 2014 com chave de ouro. Digo isso porque essa é uma daquelas séries que consegue te envolver de tal forma que se torna impossível colocar o livro de lado e fazer outras coisas. Simplesmente não consegui parar até terminar tudo. Tanto que tive que ler os 3 livros em 4 dias.

Mas hoje a minha resenha é apenas do primeiro livro da trilogia Record. 
Off The Record conta a história de uma garota de 20 anos que está cursando jornalismo na faculdade e de um lindo e charmoso político de 27 anos.

A Liz é uma jovem extremamente determinada e obstinada. Ela ama o jornalismo político e é bem dedicada a crescer na carreira de repórter. Ela trabalha no jornal da faculdade, e um dia ela vai cobrir uma coletiva de imprensa aonde o candidato Brady Maxwell surpreendentemente anuncia a sua candidatura ao Senado da Carolina do Norte. Lá eles acabam se conhecendo quando a Liz lhe faz uma pergunta que o deixa extremamente nervoso e intrigado. Porém, a Liz apesar de sentir uma forte atração e conexão com ele, não gosta e nem concorda com algumas posições políticas dele. E exatamente por isso que ela inicialmente tenta resistir a investidas dele. Porém, não por muito tempo. Quando o Brady a desafia a conhecê-lo melhor e descobrir que ele não é quem ela pensa que ele é, ela também acaba ficando intrigada e assim cede.
"Você quer me ver. Eu quero te ver. Me liga. Senão, você vai se arrepender." 
Um dia ele lhe faz uma proposta: Continuarem a se encontrar eventualmente e desfrutar de bons tempos juntos só que com a condição de tudo ser em segredo. Afinal de contas ela é 7 anos mais nova do que ele, é uma jornalista política que escreveu um artigo falando mal sobre ele o que poderia comprometer a campanha dele. E o mais importante o foco principal da vida dele é a carreira política. No momento ele está extremamente focado na campanha para o Senado e qualquer coisa pode colocar tudo a perder. Ele deixa bem claro que ele não faz promessas que não possa cumprir e que a sua carreira política sempre será a sua prioridade. 
"Vou lhe dar o que eu puder te dar e estou lhe dizendo de antemão que você pode se machucar Mas vale a pena correr o risco. Isso eu posso com toda a certeza te prometer."
A Liz inicialmente fica reticente, ela sabe que isso pode acabar mal mas como tudo é apenas uma forte atração fisica, ela embarca na jornada. Eles passam a se ver sempre que possível. Mas como vocês podem imaginar, logo logo os sentimentos começam a mudar e o que antes era suficiente, passa a não ser mais. O segredo da relação começa a consumi-la e ela já não sabe mais o que fazer, pois as últimas coisas que ela quer é perde-lo ou ser a causa da derrota dele. 
"É isso então... você está escolhendo a campanha?" - Lyz
"Isso nunca foi uma escolha. Eu sou teimoso. Eu quero ambos. " - Brady
Eu amei os personagens. Ambos tem uma personalidade extremamente forte e sabem exatamente o que querem. Ela é inteligente e esforçada. Ele é envolvente, carismático e por vezes frustrante. Esse livro é a típica montanha russa. A gente sente o magnetismo dos dois, a adrenalina dos bons e maus momentos, o relacionamento mudando e se transformando para algo mais. A K.A. Linde tem a característica de escrever história bem cheia de altos e baixos. Com protagonistas que a gente gosta mas que as vezes fazem coisas estúpidas e com isso nos matando de raiva.

Essa é a segunda série da K.A. Linde que eu leio e novamente eu senti o impacto das histórias dela. Eu não sei explicar... parece que ela traz o leitor mais para perto e nos consome com toda a história. As vezes é de tirar o fôlego e também de doer o coração. A gente sente tudo bem intensamente como se fossemos os próprios personagens. São poucos os autores que conseguem fazer eu me sentir assim com tanta intensidade. São realmente livros muito bem escritos e desenvolvidos. E no caso dessa história, ele é focado no ponto de vista da Liz porém, é em 3ª pessoa o que eu não gostei muito porque eu prefiro em 1ª. E o final? Nooossa! A única coisa que você vai pensar é em adquirir o segundo volume.

Mas enfim, eu recomendo bastante. Se você leu a outra série dela "Avoiding" ou livros como The Opportunisty da Tarryn Fisher, acho que tem grandes chances de você também gostar desse.

PS: Essas pessoas nas fotos (Blake Lively e Adam Cowie) são na realidade quem a autora K.A. Linde enxerga como os personagens Lyz e Brady.

8 comentários:

  1. Quer saber... vou começar o ano com essa leitura. Obrigada pela dica!!
    bjs, Fernanda D.
    Novoromance.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba! Comece mesmo! Não vai se arrepender! O livro é ótimo!
      Beijossss!

      Excluir
  2. Livro maravilhoso... Resena maravilhosa... Amo esse Blogger!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh que bom, muito obrigada!!! Fico feliz que goste! =***

      Excluir
  3. Olá! Já existe este livro traduzido no Brasil?

    ResponderExcluir
  4. E como eu encontro ele traduzido então? Fiquei super interessada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Putz, então, eu não sei te informar ao certo, porque eu li a edição americana na época e confesso que estou meio por fora das traduções e equipes e tal... Mas eu joguei no google e vi que tem uns blogs tipo um chamado the rose traduções. Mas ai, realmente eu não sei sobre qualidade e essas coisas, ai tem que arriscar...
      Bjos!

      Excluir

Tecnologia do Blogger.