Review: Mystery Man (Dream Man #1) - Kristen Ashley

Autora: Kristen Ashley
Série: Dream Man
Editora: Forever
Lançamento: Pela a Forever em 2013.
Páginas: 528
Gênero: Romance Contemporâneo, Chick-lit, Adulto.
Onde Comprar: ebook kindle -> Amazon BR
Sinopse: Enquanto bebia um cosmopolitan, Gwendolyn Kidd conhece o homem dos seus sonhos. Então ela o leva pra casa. Depois ela acorda sozinha. Mas o medo de ter perdido o homem dos seus sonhos muda à medida que ela desenvolve um relacionamento com esse homem misterioso, quando dia a após dia na calada da noite, ele volta para mais. Esperando que isso possa se tornar algo mais real, ela permite. Mas ela nem se quer sabe o nome dele. Gwen está lutando com a decisão de terminar com esse relacionamento louco e inexistente quando a melhor amiga de sua irmã Ginger lhe faz uma visita e lhe adverte que se ela e a sua irmã não ficarem espertas, vão acabar mortas. Gwen não faz a menor ideia do que está acontecendo, mas ela já acostumada as encrencas de Ginger, decide colocar o problema nas costas do namorado motoqueiro da irmã. Péssima escolha. Pois ela acaba entrando no radar subterrâneo de Denver. O que significa que o homem misterioso da Gwen, Cabe “Hawk” Delgado tem de intervir para mantê-la segura. Mas quando Hawk passa a ter uma dose do que seja a Gwen à luz do dia, ele toma a decisão de finalmente ter algo real com ela. No entanto, quando a Gwen tem uma dose do fodão, mandão e falante Hawk ela decide que acabou. Assim, os dois começam a bater cabeça um com o outro. À medida que Hawk tenta conquista-la a sua maneira, Gwen tenta sobreviver a bombas, sequestros, visitas, perseguição eletrizantes de motoqueiros gatos, lindos detetives e também descobre a triste razão do porque Hawk a manteve a certa distância. E à medida que tudo isso acontece, Gwen descobre que os problemas de sua irmã são bem sérios e ela precisa decidir quem deve viver: a sua irmã dos infernos ou o homem dos seus sonhos. 
Resenha: Eu já vou começar essa resenha dizendo que a Kristen Ashley é uma escritora fantástica. Talvez nem tanto pela a técnica, mas pelos os personagens que ela cria. Mystery Man foi o primeiro livro dela que eu li e foi lá por volta de 2011 e desde então eu já li uns 10 livros dela. Acho que eu me apaixonei pelo os personagens masculinos. Eu não sei explicar o que eles têm de tão especial, só sei sentir. hahaha Acho que a única referência que eu posso encontrar deles, é que talvez eles sejam uma versão similar, porém não paranormal dos irmãos da Irmandade da Adaga Negra. Todos aqueles elementos alphas se encontram neles.  Eu quando eu digo todos, são todos mesmo. Não tem um personagem masculino da KS que não seja macho alpha.
"Os protagonistas masculinos dos livros são mandões, rudes, obstinados e não tem filtros. Mas não são abusivos e seguem o próprio caminho, com sérios problemas de comunicação. Estes anti-heróis sabem quem são e não se desculpam pelo comportamento."
E as personagens femininas também são bem queridas. Normalmente são mulheres determinadas, maternais, com senso de humor e algum tipo de vulnerabilidade.

Mas enfim, porque eu resolvi escrever essa resenha? Porque eu vi que a editora Rocco vai lançar a série Dream Man da KS. E Mystery Man é o primeiro livro da série. Apesar de que você não precisa realmente ler na sequencia exata, porque cada livro conta a história de um casal diferente. Muito embora, eu aconselhe todos a seguirem a ordem, porque eventualmente os personagens dos livros anteriores acabam aparecendo no livro atual, então pra evitar ficar perdido, é melhor seguir a ordem. Eu li quase a série toda, exceto o 2º livro chamado Wild Man. Mas o meu preferido da série, foi na realidade o 1º primeiro livro dela que eu li e que é exatamente o  dessa resenha. Não sei se foi porque foi o meu primeiro livro e eu acabei me apaixonando pelos os personagens ou se porque tinha um algo de diferente...  eu só sei que eu tenho um lugar especial pra ele. Até porque inclusive é o meu 2º livro preferido da Kristen Ashley. Só perde para The Gamble que é um livro de uma outra série chamada Colorado Mountain.

Então, vamos à história de Mystey Man... Esse livro você dar risada em uma página e tem vontade de chorar na próxima (apesar de que isso é mais pro final, do começo para o meio, não tem muito drama, é mais romance e aventura. E você se envolve tanto com os personagens que parece que a mocinha da história é sua melhor amiga. A Gwen é ótima e muito divertida! Não tem como não se identificar com ela. Principalmente no meu caso, com o vício dela por sapatos.

Enfim, um dia a Gwen conheceu um homem fisicamente maravilhoso em um bar e o levou para casa dela. Porém, no dia seguinte ela acordou sozinha achando que nunca mais encontraria esse cara novamente. No entanto, essa preocupação logo desapareceu a medida que esse cara começou a aparecer quase todas as noites na cama dela. Ele chegava de fininho, os dois faziam sexo e depois ia embora. Eles nunca conversam, pois ele nunca deu muitas oportunidades a ela de fazer perguntas, mas ele dá a Gwen o melhor sexo da vida dela. Esse “relacionamento” segue dessa forma por um ano e meio. Mas embora ela nem saiba o nome desse homem misterioso, ela acaba nutrindo a esperança de um dia surgir um algo a mais entre eles. O que ela não sabe no entanto, é que ele já a conhecia mesmo antes de eles se encontrarem naquele respectivo bar...

E sim, eu sei que isso tudo parece muito estranho. Quando eu li a sinopse eu pensei “como assim gente!? Não sabe nem o nome? Num é possível!” Mas quando você lê o livro, as coisas fazem sentido e de qualquer forma, você meio que acaba entrando na história e seguindo a onda. Mas enfim, esse relacionamento provavelmente continuaria assim, se a Gwen não tivesse se metido em uma confusão tremenda por causa da irmã problemática dela. Dessa forma o Hawk sai das sombras e entra de vez na vida dela pra ajuda-la. O problema é que mesmo ele estando mais presente, ele continua sendo um homem misterioso. Como o livro é contado pelo o ponto de vista dela, a gente fica no mesmo barco da Gwen, sem saber nada sobre a vida dele e muito menos em que tipo de negócios ele está metido. O que é super estranho, uma vez que ele tem uma boa condição financeira e uma equipe gigantesca de pessoas que trabalham pra ele.

E o engraçado é que dois dos protagonistas masculinos dos outros livros da série se interessam pela a Gwen - como é o primeiro livro, eles ainda não acharam as suas respectivas - eles se interessam e investem nela. O que resulta em cada cena mais divertida do que a outra. A Gwen não sabe como lidar com nada disso e pra completar, para o Hawk a Gwen já é dele, afinal eles estão em um relacionamento há um ano e meio. Mesmo que seja um relacionamento atípico. O que ela acha super estranho, até porque ela mal o conhece, apesar de ele mostrar já saber tudo sobre ela. Ele confunde ela em todos os sentidos. Na realidade, o Hawk é um ser muito atípico. Nada que venha da personalidade dele faz muito sentido. Mas se na cabeça dele faz, pra ele é o que importa. É muito engraçado os diálogos desses dois. E agora que ele teve de sair das sombras e realmente se fazer presente, a fim de protegê-la,  eles passam a se conhecer melhor e no meio de tanta confusão que a Gwen se mete por causa da irmã, os dois vão percebendo que eles realmente foram feitos um para o outro.

O Hawk é meio estranho e irritante mas é muito fofo. Impossível não se apaixonar. Ele não aceita não como resposta, na verdade ele nem escuta. Aliás, é super mandão também. Que coisa irritante! Hahahaha Mas quem disse que você consegue ficar com raiva!? Com aquele "baby" dele, ele vai conseguindo tudo o que ele quer... hahahaha Ele é o super macho alpha, com toda aquela coisa de ser fodão, protetor, provedor, “você é minha” e coisa e tal... Exala masculinidade pelo os poros. E a Gwen mal consegue acompanhar... Ela bem que tenta pisar o pé, mas quando ela se da conta, enquanto ela está indo com a farinha ele já voltou com o pão. Mas não se preocupem, ela não é daquelas tontas que deixa o cara fazer gato e sapado dela. Muito pelo o contrário, e e além disso ela super teimosa e ariscar e é por isso que as cenas deles são tão engraçadas. Pro final o livro vai ficando mais dramático e tem umas cenas de cortar o coração. Uma específica, roubou o livro pra mim.
"Escutei por ai que ela é sua", Lawson disse, MM (mistery man - homem misterioso) ergueu-se e virou-se para ele e eu fiquei tão surpresa com o comentário, por uma variação de motivos, que a minha cabeça levantou, e então eu coloquei o meu queixo no espaço entre os meus joelhos. "Ela é minha", MM confirmou decididamente. " Eu não sou dele", eu neguei provavelmente não muito decidida.
Mas enfim, bombas, motoqueiros, sapatos Valentino, sequestros, testosterona, cosmopolitans, machos alpha, cenas super quentes, traficantes e momentos de quebrar o coração fazem parte  desse livro. Super indico! Eu prometo que vocês vão amar. É super viciante a narrativa da Kristen Ashley. Quando menos perceberem, já vão ter terminado e já vão estar procurando por um outro  livro dela. Agora, para os leitores de livros em inglês assim que você acabar esse livro, se faça um favor e vá ler The Gamble e Sweet Dreams. Ai ai... esses livros dela, são cada um melhor que o outro.

PS: Embora a Editora Rocco tenha comprado essa série Dream Man, ela ainda não disponibilizou uma data de lançamento. Porém, como já estamos chegando ao fim do ano, acredito que o 1º volume ficará mesmo para 2015. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.