Resenha: Amnésia (Série Alterados #1) - Jennifer Rush

sexta-feira, agosto 15, 2014
Título Original: Altered
Série: Alterados #1
Editora: Gutemberg
Páginas: 240
Gênero: Sci-fi, Thriller, Romance, Young Adult.
Sinopse
Quando você não pode confiar em suas lembranças, em quem acreditar? A vida de Anna está cercada de segredos. Seu pai trabalha para a Agência e lidera um projeto confidencial: monitorar e coordenar o tratamento de quatro rapazes alterados geneticamente, que vivem no laboratório localizado no porão de sua casa. Nick é formal e taciturno, Cas é alegre e brincalhão, Trev é inteligente e carinhoso, e Sam é o dono do coração de Anna. Por algum motivo, eles perderam a memória e não se lembram de fatos fundamentais que viveram. Quando a Agência decide que é hora de levá-los, Sam organiza uma fuga, e o pai de Anna a instiga ir com eles. Diante desse estranho acontecimento, e do pedido dele ao jovem para que mantenha a filha longe da organização a qualquer custo, ela começa a questionar tudo o que achava saber sobre si e logo descobre que ela e Sam estão conectados de uma maneira que jamais poderiam imaginar. E, se ambos quiserem sobreviver, deverão juntar as peças que reconstituem seu passado antes que a Agência roube deles o que ainda resta de sua vida.
Resenha: Sabe aquele livro que quando você termina você solta um palavrão de tão bom que é!? Pois é, foi o meu caso com esse livro aqui. Um dia eu estava circulando pelo o goodreads procurando por um bom livro sci-fi, e esbarrei nesse aqui do nada. Nunca tinha ouvido falar, afinal esse era o 1º livro/série dessa autora. Mas li a sinopse e me interessei. Confesso que naquela época a minha fé em livros young adult estava lá embaixo. Quase nada estava me agradando e me surpreendendo. Mas resolvi dar uma chance pra esse livro e que bom que dei. Esse livro me fez relembrar que YA quando bem elaborados e escritos ainda conseguem prender a minha atenção. Sabe aquela história que tem todos os ingredientes necessários para se fazer um bom livro?! E ainda boa o suficiente para satisfazer tanto o sexo feminino quanto o masculino?! Pois é... é essa aqui! Atualmente eu estou a espera do 3º livro que será lançado em janeiro do ano que vem. E já estou doida esperando por ele. Mas vou resenhar o primeiro para quem ainda não conhece.

Esse livro é um sci-fi juvenil cheio de ação. A primeira parte é um pouco mais lenta em relação a segunda, mas esse livro em nenhum momento se torna monótono. A escritora criou uma trama super inteligente e imprevisível. E ele é cheio de reviravoltas.

Enfim, sobre o que é o livro!? A Anna é uma garota que vive em uma fazenda com o seu pai. E no porão dessa fazenda há um laboratório aonde a quatro anos vivem quatro garotos. O Cas, Trev, Nick e o Sam. Cada um em uma cela, esses garotos são submetidos a vários testes de alteração genética, administrados pelo o pai da Anna, que trabalha para uma Agência chamada Branch. Um dia a Anna descobre esse laboratório e embora ela não tenha muito conhecimento do que esteja acontecendo por ali, ela passa a ajudar o seu pai com coisas menos significantes. Dessa forma, ela se torna uma presença constante nesse laboratório e com o passar do tempo, ela acaba se tornando amiga desses garotos. Com cada um deles ela tem um tipo de relacionamento diferente. Cas é o engraçado e carismático do grupo; Trev é o inteligente e o seu amigo mais próximo; Nick é o mal encarado que mal se relaciona com ela e por último há o Sam – reservado e intenso – ele é o garoto pelo o qual ela tem uma queda. E também meio que o líder do grupo.

Nenhum dos quatro tem memórias do passado. Não sabem nada sobre si, nem da onde vieram e nem quem são. Porém, um dia, a Agência resolve remove-los do laboratório e é ai que o negócio fica feio. Eles com a ajuda da Anna e do pai conseguem fugir. Porém o pai dela pede para que eles a levem com eles. E a partir daí, os cinco dão início à uma fuga eletrizante.  O problema é que por eles não saberem quem são, não têm ideia de pra onde ir ou o que fazer. E então eles saem em busca de respostas. E a gente fica o livro todo junto com eles tentando juntar os pedaços do quebra cabeça.

O romance é bem fofo, mas ainda sutil, o que na minha opinião encaixou perfeitamente com o estilo do livro e a história contada. A Jennifer Rush tirou um tempo pra desenvolver o relacionamento, ela não coloca o carro na frente dos bois. O Sam é o tipo de cara que é bem reservado. Tem um instinto alpha. E embora ele fale pouco e seja cauteloso, a gente percebe que ele não é imune a Anna. Ela é uma menina fofa, mas não há nada de extraordinário em relação a Anna. Na verdade, ela é um personagem que transmite uma certa empatia. A vida dela também é cheia de segredos e com o passar do tempo ela vai vendo que nem tudo é o que parece ser. Todos os personagens do livro são interessantes e bem construídos. E eu gostei de todos eles por diferentes razões... Inclusive do Nick.

Como disse, esse livro tem de tudo. Ação, mistério, romance, revelações, a garota descobrindo o seu lado fodona. correria, tiro, porrada e bomba... Sério, eu não consegui coloca-lo de lado até terminar. Achei bem viciante. É muito bom! Recomendo muito essa série.

Livros Publicados nos Estados Unidos pela a Editora Little Brown
                
Tecnologia do Blogger.